Angolanos em Portugal desmentem consulado Geral e TAAG

Spread the love

Uma autêntica falta de respeito, consideram os angolanos em Portugal, a atitude do consulado geral e da TAAG, que têm vindo a fazer uma espécie de jogo pingue pongue.

Em causa está a organização do processo de repatriamento e segundo alegam os reclamantes, a TAAG quando consultada, empurra a responsabilidade para o consulado e o consulado faz a mesma coisa.

A situação está a trazer consequências a saúde mental de algumas pessoas, que segundo contaram, apesar de ter fornecido informações de contacto, são obrigadas a ligar ou recorrer sempre a estas duas instituições atrás de informações.

Em nota assinada pelo cônsul Narcísio do Espírito Santo Júnior, o consulado afirmou que muitos contactos fornecidos e números de bilhetes  de passagem estão incorrectos e apelou os interessados a contactarem a representação da TAAG em Portugal para “eventuais correcções”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial